• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 19ABR24
A obediência da fé

Tema abordado por Carlos Oliveira em 19 de abril de 2024

Carlos Simões 14ABR24
As minhas travessuras

Tema abordado por Carlos Simões em 14 de abril de 2024

Carlos Oliveira 12 ABR24
O teu progenitor

Tema abordado por Carlos Oliveira em 12 de abril de 2024

Estudo Bíblico
Voo sobre a Bíblia: Isaías 28-66

Estudo realizado por David Gomes em 17 de abril de 2024

ver mais
 
 

30-05-08 - Milhares de jovens Cristãos adoptam "Ortodoxia Humilde"

Milhares de jovens participaram na conferência Nova Atitude 2008 no Centro de Congressos Internacional de Kentucky entre 24-27 Maio 2008     Por vezes, como Cristãos ficamos tão preocupados com o que está certo e errado que perdemos a nossa humildade, disse um pastor e escritor de Washington.

     "Nós pensamos que vemos o que está certo e, por isso, tornamo-nos auto-virtuosos pensando:" Eu sou suficientemente inteligente para saber isso. Sou suficientemente inteligente para dominar isto," disse Mark Dever, pastor sénior da Igreja Batista Capitólio, em Washington, D.C..

     Durante quatro dias, cerca de 3.500 jovens adultos comprometeram-se com o estudo das Escrituras deixando o seu auto-virtuosismo em casa. Os jovens Cristãos viajaram até Louisville, Ky., para a conferência Nova Atitude 2008 a fim de se concentrarem na “Palavra de Deus” e assumirem uma “ortodoxia humilde” – crer, viver e representar a verdade bíblica com humildade.

     Joshua Harris, que fundou a Nova Atitude, quis que os milhares de jovens experimentassem o poder da sã doutrina “e o facto de que a verdade muda realmente a [vossa] vida.”

     “Nós nunca queremos assumir o Evangelho,” acautelou Harris. “Queremos sempre voltar atrás e concentrarmo-nos na realidade de que Jesus morreu pelos nossos pecados. Queremo-nos apegar às verdades da fé Cristã … Mas ao mesmo tempo, queremos ser humildes.”

     Concordando com a combinação “ortodoxia humilde”, o Dr. R. Albert Mohler, Jr., presidente do Seminário Teológico Baptista do Sul e proeminente evangélico, sublinhou a necessidade de um ensino bíblico são mas recordou aos crentes sobre como eles têm de chegar ao conhecimento dos clamores da verdade do Evangelho.

     “Precisamos de dizer que somos pecadores salvos pela graça, que conhecemos a verdade, não por sermos mais inteligentes mas porque Deus nos falou,” disse Mohler.

     Este ano, em adição às sessões de oratória, a Nova Atitude caracterizou-se por ter a sua primeira sessão de Perguntas & Respostas colocando Mohler no “banco dos réus” para responder ao vivo a quase todos os tópicos colocados pelos participantes na conferência.

     Mais de 60 pessoas colocaram ansiosamente através dos microfones questões, mas só houve tempo para Mohler dar respostas detalhadas a oito questões.

     "Será que devemos ter cuidado com as ideias pós-modernas e o seu efeito sobre a Igreja?" perguntou uma participante que se identificou como Betânia, de Louisville, Ky..

     “Sim,” disse directamente Mohler.

     O pós-modernismo pode ser útil, disse Mohler, quando reconhecemos que ajuda as pessoas a compreenderem que há um mundo diversificado de pontos de vista sobre o mundo e que nem toda a gente partilha do mesmo “sistema social” dos Cristãos.

     Por outro lado, o pós-modernismo é pernicioso, comentou.

     “Pode produzir uma espécie errada de humildade intelectual que eventualmente diga que não há nenhuma verdade que possamos conhecer,” assinalou o proeminente líder evangélico. “Nega que haja uma grande verdade universal perante a qual somos responsáveis e que podemos conhecer.”

     Dever, da Igreja Baptista Capitol Hill chamou de arrogância negar os clamores de verdade na Bíblia.

     “Deus tem sido realmente claro na Bíblia. Por isso sermos vagos sobre algo que Deus foi claro, não é sermos humildes. É sermos arrogantes. Colocarmos as nossas próprias ideias como se fossem melhores do que as de Deus é arrogância,” enfatizou Dever numa entrevista prévia. “Realmente crer na verdade é humilhante para nós; é rendermo-nos a Ele.”

     Outras questões que os participantes da Nova Atitude colocaram durante a conferência incluíram a homossexualidade, a inerrância da Bíblia, e a distinção entre a Bíblia e os outros livros religiosos.

     “Na questão da homossexualidade temos a consciência de, como evangélicos, estarmos em perigo perpétuo de dizer demasiado e demasiado pouco,” disse Mohler aos milhares de jovens Cristãos.

     “Se comprometermos a pecaminosidade da homossexualidade e o facto de Deus ter um padrão normativo para a nossa sexualidade, dizemos demasiado pouco e podemos condenar as pessoas no seu pecado. Podemos enganá-los para sua própria condenação.”

     “Podemos dizer demasiado ao tentarmos elaborar sobre o que as Escrituras dizem como se as Escrituras se concentrassem na homossexualidade na ‘Terceira Carta aos Coríntios’. Não existe tal livro.”

     Alinhando as suas palavras com o conceito da “ortodoxia humilde,” ele avisou os Cristãos para falarem humildemente sobre este assunto controverso, lembrando-lhes a sua própria natureza pecaminosa.

     “Nós não estamos a dizer que os homossexuais pecam sexualmente e os outros não,” disse ele. “Estamos a dizer que se trata de um pecado sexual claramente identificado nas Escrituras, de algo que necessita de nos despertar para a realidade do pecado, de algo que é contra a natureza. Qualquer ser humano que passe pela puberdade peca sexualmente. Por conseguinte falemos humildemente sobre o que significa, como pecador, encontrar a graça de Cristo e o dom da lei moral.”

     Outros oradores discursaram na conferência que decorreu entre 24-27 de Maio, como C.J. Mahaney dos Ministérios Sovereign Grace e o Dr. John Piper, escritor e pastor sénior da Igreja Baptista Bethlehem de Minneapolis.

     Piper exortou os jovens crentes a trabalharem arduamente rumo aos seus objectivos espirituais, alertando-os para a preguiça. Ao mesmo tempo, Piper avançou com a ideia da humildade, tornando claro que para se conseguirem esses objectivos o trabalho árduo não é “decisivo”.

     “Não poupeis esforços para conhecerdes a vossa Bíblia … Não penseis que o vosso trabalho árduo é a chave decisiva. A chave decisiva é a graça soberana de Deus. Suplico-vos que não desperdiceis a vossa vida,” disse Piper.
Fonte: The Christian Post e IQC

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • Rede Móvel
    966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • HORÁRIO
    Clique aqui para ver horário