• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

Carlos Oliveira 19ABR24
A obediência da fé

Tema abordado por Carlos Oliveira em 19 de abril de 2024

Carlos Simões 14ABR24
As minhas travessuras

Tema abordado por Carlos Simões em 14 de abril de 2024

Carlos Oliveira 12 ABR24
O teu progenitor

Tema abordado por Carlos Oliveira em 12 de abril de 2024

Estudo Bíblico
Voo sobre a Bíblia: Isaías 28-66

Estudo realizado por David Gomes em 17 de abril de 2024

ver mais
 
 

25-05-2023 - Missionários “contratam” prostitutas para evangelizá-las, na Holanda

Annelies e Frits, responsáveis pelo trabalho de evangelização de prostitutas na Holanda. (Foto: Reprodução/Revive)

 

     Os missionários Frits Rouvoet e Annelies van Til uniram-se para evangelizar prostitutas em hotéis na Holanda. 

     Os missionários alugam um quarto e direcionam as prostitutas até lá. Algumas mulheres acham que eles querem um envolvimento sexual a três, mas eles deixam claro que não estão interessados em sexo, mas que também não são da polícia.

     Annelies é uma mulher casada e tem duas filhas, ela fundou a fundação El Roi em 2016. O seu objetivo é fazer com que as mulheres se vejam como Deus as vê. Ela foi voluntária por um tempo na fundação Bright Fame, fundada por Frits, e nunca mais saiu. 

      Esse é um desejo em comum entre ela e Frits, por isso, eles resolveram trabalhar juntos e focar especificamente na prostituição em hotéis holandeses.

     “Lida-se com um mundo em que o crime organizado geralmente desempenha um papel e não funciona ter todas as organizações separadas", disse Frits sobre as duas fundações trabalharem juntas.

 

Tempo de preparação

     O profissionalismo é de suma importância para ambos, mas não mais importante do que a construção de um relacionamento com as mulheres. Por isso eles estudam para ver como se pode fazer isso de maneira completa e segura.

     “Levamos algum tempo para nos preparar. Fomos para o lado negro da sociedade, por isso não devemos ser ingénuos. Conversámos muito com a polícia e os seguranças e começámos a orar”, explicou Annelies.

     Annelies e Frits, reservam cerca de três prostitutas por noite, em diferentes espaços de tempo. Eles são transparentes com os hotéis, que na sua maioria, segundo eles, estão felizes pelo trabalho executado.

     “Então fazemos trabalho de campo digital, procuramos mulheres online. Isso significa que procuramos literalmente em sites em que se oferecem para sexo. Às vezes, procuramos as profissinais de sexo em casa, as que não são filiadas a clubes ou organizações”, explicaram eles. 

     Frits afirmou que é preciso estudar a melhor forma de se comunicar com as moças numa conversa online, muitas dessas contas são geridas por um homem responsável pelo “negócio” em toda parte na Holanda.

     Cerca de 45% das reuniões em hotéis trazem um resultado positivo. Frits e Annelies indicam que essa resposta é alta em comparação com outros projetos e também pode indicar quão grande é a necessidade. 

 

Annelies e Frits, responsáveis pelo trabalho de evangelização de prostitutas na Holanda. (Foto: Reprodução/Revive)

 

Casos angustiantes

     A maioria das mulheres não vão para a Holanda de forma independente, elas vão de lugares como a Roménia e Moldávia, onde não há perspetivas de futuro. Muitas dessas mulheres estão na Holanda para suprir as necessidades das suas famílias em casa, mas quase não têm mais nada para enviar a elas.   

     Frits costuma encontrar as mulheres no Hall e acompanha-as até o quarto do hotel. Ele descreveu como é o momento do encontro:

     “Então elas abrem a porta e veem Annelies sentada lá. Frequentemente, elas murmuram algo como: ‘Oh, um trio, eu não esperava isso.’ Em seguida, deixamos essa senhora sentir-se à vontade, ela pega uma garrafa para beber e dizemos: 'Vai ter o seu dinheiro de qualquer jeito, não queremos sexo, mas sim uma conversa consigo'. E acabamos por ganhar tempo com elas”.

     Eles contaram que nunca viram uma prostituta fugir, exceto quando há uma barreira linguística muito grande. Isso pode ser um desafio, porque eles têm cerca de 45 minutos a uma hora para se expressar, tranquilizar a mulher e mostrar que existe ajuda.

     No podcast, Frits e Annelies contam mais sobre o trabalho e compartilham como é para eles, que são pessoas casadas, realizar esse tipo de evangelização.

     ''Vimos ao longo do tempo que Deus adicionou pessoas para ajustar o trabalho. Percebemos no processo de ambos os projetos que, se se nos movermos, Deus confirmará essas etapas. Então penso naquele texto em Provérbios 16: 'O coração do homem considera o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos.' Então, não há nada mais bonito do que trabalhar com Deus dessa maneira", concluiu Annelies.

- in Revive

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________________________________________

NOTA de esclarecimento importante:

Esta secção de notícias é exatamente isso, e tão somente isso: notícias, visando informar o povo de Deus do que vai acontecendo no mundo. Não significa que subscrevamos princípios, práticas e costumes associados às mesmas. O resto do portal esclarece bem e com rigor o que realmente cremos à luz das Escrituras bem manejadas.

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    2975-192 QUINTA DO CONDE 





     
  • geral@iqc.pt 
  • Rede Móvel
    966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • HORÁRIO
    Clique aqui para ver horário