O que tem a dizer sobre reconexão, cura reconectiva, energias curativas, e afins?

Reconexão     Num mundo onde as pessoas estão constantemente em busca de um significado mais profundo, de uma espiritualidade mais profunda, e de um propósito mais elevado, a energia curativa é mais uma filosofia da Nova Era que se apresenta como muito desejável para os seres humanos. Nascidos com o pecado, todos nós entrámos no mundo com a forte crença de que somos o centro do universo, de que estamos no controlo da nossa saúde, dos nossos corpos, das nossas vidas, das nossas circunstâncias e dos nossos destinos. Aqueles que não se têm voltado para Deus em busca da Verdade não têm alternativa, senão procurá-la dentro de si próprios. 

     A prática da cura energética não é, em si, uma religião, mas é um caminho para uma espiritualidade própria da pessoa. Conduz a pessoa a uma jornada pessoal que a encoraja a concentrar-se em si mesma e na sua energia em sintonia com as energias do cosmos, da terra, e de todas as outras vidas. Com isso, a pessoa pode, supostamente, aprender a curar-se usando o que alguns classificam de clarividência para "visualizar" onde está a energia negativa, a fim de determinar a causa do problema, seja ele físico, emocional ou espiritual.

     Dizem que o Reiki, uma das técnicas de cura energética amplamente utilizada, foi desenvolvida por um monge budista que usava símbolos cósmicos para a cura e que opera na remoção dos obstáculos ao fluxo da energia vital por todo o corpo. Estes obstáculos são alegadamente causados por pensamentos negativos, ações ou sentimentos, que alguns acreditam ser a causa fundamental da doença. Muitos chegam a afirmar que o emprego deste método, temos pejo em escrever, foi o modo de Jesus ter obtido o Seu poder de cura, em vez de atribuírem este ao facto de Ele ser Deus.

     Apesar de poderem ser aparentemente inocentes estas práticas estão enraizadas em crenças anti-bíblicas, em crenças orientais anti-Cristãs. Estas crenças, apesar de serem inclusivas relativamente a outras religiões e crenças, são incompatíveis, no entanto, com o Deus da Bíblia (Êxodo 20:3).

     O uso da energia curativa encoraja as pessoas a colocarem a sua confiança plena em si mesmas e nos seus próprios corpos, o que é uma forma de adoração. Os que participam em ações de cura energética, não reconhecem o único e verdadeiro Deus, nem Ele recebe qualquer louvor pela cura. A pessoa que usa tais métodos de cura torna -se no seu próprio deus. O envolvimento com estas energias de cura é espiritualmente perigoso, para dizer o mínimo. A filosofia por detrás destas práticas é muito mais do que sobre mero melhoramento físico. São práticas derivadas das religiões místicas do oriente.

     A Bíblia diz-nos que Jesus é Jeová Rapha, o Senhor que cura. Deus não quer nem espera que nos ajudemos a nós mesmos. Ele é a fonte da vida, de tudo o que é bom e verdadeiro. Aqueles que se recusam a reconhecer Jesus nunca alcançarão a cura plena em última análise morrerão todos. É aqui apropriado citar o que o Senhor Jesus Cristo disse um dia: “Porque o coração deste povo está endurecido, e ouviram de mau grado com seus ouvidos, e fecharam seus olhos; para que não vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, e compreendam com o coração, e se convertam, e Eu os cure” (Mateus 13:15).

     O Yoga é outra das filosofias orientais parceira destas. A palavra yoga significa "união ", e o objetivo é unir o ego transitório (temporário) de alguém com o infinito Brâman, o conceito hindu de "Deus". Este deus não é um ser literal, mas é uma substância impessoal espiritual que é um com a natureza e o cosmos . A isto chama-se "panteísmo ", a crença de que tudo é Deus e que a realidade consiste apenas no universo e na natureza. Porque tudo é Deus, a filosofia yoga não faz distinção entre homem e Deus. A título de exemplo, nos reconhecimentos que faz no livro que escreve sobre cura reconectiva, “A Reconexão, Cure os outros, Cure a si mesmo”, Eric Pearl escreve, “A Deus/Amor/Universo, pela dádiva”.

     Hata-ioga é o aspecto do yoga que se concentra no corpo físico através de posturas especiais , exercícios de respiração e concentração ou meditação. Trata-se de um meio para preparar o corpo para exercícios espirituais, com menos obstáculos, a fim de alcançar uma suposta iluminação. A prática de yoga baseia-se na crença de que o homem e Deus são um só. É, de facto, auto-adoração disfarçada de espiritualidade de alto nível.

     A questão que alguns colocam é se será possível um Cristão isolar os aspectos físicos do yoga simplesmente como um método de exercício, sem incorporar a espiritualidade ou filosofia por detrás disso? O Yoga originou-se com uma filosofia abertamente anti-Cristã, e essa filosofia não mudou. O yoga ensina a pessoa a concentrar-se em si mesma em vez de no Deus único e verdadeiro. Encoraja os seus participantes a buscar as respostas às perguntas difíceis da vida dentro da sua própria consciência em vez de na Palavra de Deus. Deixa, assim aberta a porta ao engano do inimigo de Deus, que procura vítimas, afastando-as de Deus (1 Pedro 5:8).

     A Bíblia diz: “Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível …” (Romanos 1:18-23).

 

 


Sermões e Estudos

PeterCerqueira19NOV17a
Aliancismo I   -   Aliancismo II

Sermão proferido por Peter Cerqueira em 18 de novembro de 2017

Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:17, realizado em 22 de novembro de 2017

PeterCerqueira19NOV17a
Calvinismo

Sermão proferido por Peter Cerqueira em 19 de novembro de 2017

Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:16,17, realizado em 15 de novembro de 2017

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    Quinta do Conde
  • geral@iqc.pt
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • Domingo: 10:00, Ceia do Senhor
    11:00, Pregação e Escola Dominical
    Quarta-feira: 21:00, Oração e Estudo Bíblico