Porque é que Deus te há-de aceitar?

Justin Johnson     Vou dizer algo que a princípio parecerá extremamente duro, mas que acabará por se tornar muito simples.

     Podes aceitar Deus, Jesus Cristo como Senhor, e a Bíblia como a Palavra de Deus e não seres salvo.

     A salvação não é uma questão de se aceitar o Cristianismo, Cristo, Deus, ou a Bíblia. A salvação é dada aos que são aceites por Deus. A diferença é enorme!


Quem deve ser aceite

     Aceitas Cristo? Então diz-me, o que é que isso tem a ver com o ser-se aceite por Ele? Tu podes aceitar Deus, mas porque é que Ele há-de te aceitar ati? Ele não está a procurar ser aceite por ti.

     Cristo está na barra do teu tribunal, juntamente com tudo mais que consideras e avalias como digno, tendo o Seu currículo na tua mão, esperando que Ele seja aceite por ti?

     Claro que não! Nós é que estamos na barra do tribunal de Cristo. É um retrocesso pensares que temos de aceitar Deus, quando realmente precisamos que Deus nos aceite!

     A diferença diz respeito a quem é o juiz. O juiz de de todas as coisas és tu, ou Deus?

     A nossa cultura consumista tem pintado Deus como um político divino em campanha eleitoral para conseguir o teu voto. Os debates políticos encorajam-nos a decidir quem julgamos digno das posições de topo. Não é assim, com Deus. A verdade não é uma democracia.

Deus não pode ser julgado. O Senhor Jesus Cristo não está a ser escrutinado para eleição. A Bíblia não é validada como Palavra de Deus por maioria de votos.


O Senhor não está a procurar ser aceite

     O Senhor não está a procurar ser aceite por ninguém. O Salvador não está a perguntar: "A minha salvação é aceite por ti?" O juiz não se volta para o criminoso e pergunta: "Aceita o meu julgamento?" A verdade não incorre no vício da petição de princípio: "Aceita que sou verdadeira?"

     Jesus Cristo é Senhor e Salvador e não há outro além d’Ele. Todos os homens estão destinados a morrer, e nós precisamos d’Ele para viver. Precisamos de ser aceites por Deus. Deus não considera digno ser aceite por ti.

     Nunca, na Bíblia, Deus roga aos homens que O aceitem, mas muitas vezes vemos os homens rogarem a Deus que os aceite.

     Eles sabiam que Deus era o juiz de todos, e que Ele tem de os achar dignos para poderem receber a justiça, o perdão, a vida, e a paz da salvação.

     Deus não está sob eleição, nós estamos. Deus não é o político, nós somos os publicanos que imploram por misericórdia (Lc 18:13). Foi-nos dado esta vida mortal, e o nosso prazo vai terminar.


Para Deus nós somos aceitáveis?

     Então, em que base é que Deus nos aceita?

     Se é na base do nosso comportamento justo, escolhas sábias, ou o amor pelos outros, quem de nós pode ser digno, a menos que Deus nos corrija acentuadamente? Nós podemos ser estimados entre os homens, mas poderemos manter essa nossa posição diante de Deus, que conhece todos os nossos segredos? Certamente que não.

     A Bíblia condena toda justiça própria.

     “Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer” – Romanos 3:10.

     “Por isso nenhuma carne será justificada diante d’Ele pelas obras da lei” – Romanos 3:21.

     “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” – Romanos 3:23.

     Nós temos que entender que somos totalmente inaceitáveis para Deus. Todos nós somos pecadores e indignos de ser aceites por um Deus perfeitamente justo. Mesmo que tu O aceites, Ele não pode aceitar-te.


Como é que Deus nos pode aceitar?

     Porque é que Deus há-de ser misericordioso e gracioso para os pecadores? Como é que Ele pode ser misericordioso para os pecadores?

     A resposta está revelada no Evangelho de Jesus Cristo, que derramou o Seu sangue pelos nossos pecados e ressuscitou dos mortos para que a Sua justiça pudesse ser imputada a todos os que creem.

     Quando nós confiamos na vida justa, morte e ressurreição de Cristo em nosso favor, então Deus aceita-nos não por causa de nós, mas por causa de Jesus Cristo, que morreu por nós (Romanos 5:8).

     Quando na barra do tribunal de Deus, Cristo permite que usemos o Seu currículo, a Sua obra e a Sua justiça, se confiarmos que Ele fez tudo por nós.

     "Para demonstração da Sua justiça neste tempo presente, para que Ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus" - Romanos 3:26.

     Cristo é o juiz. Cristo é o Salvador. Cristo é aceitável a Deus. Nós não somos. A salvação tem de ser em Cristo.

     Quando encarares o Senhor, a questão não será se O aceitaste, mas antes se Ele te aceitou a ti.

     O Senhor não procura ser aceite por ti, e não há nenhuma maneira que de poderes ser aceite por Deus sem Cristo.

     Confia em Cristo e na Sua obra consumada ao morrer e ressuscitar para a tua salvação, e tu serás aceite no único que Deus ama: o seu Filho unigénito.

     “Para louvor e glória da Sua graça, pela qual nos fez agradáveis [ou, aceitáveis] a Si no Amado” – Efésios 1:6..

Justin Johnson
 
 
 

Sermões e Estudos

PeterCerqueira19NOV17a
Aliancismo I   -   Aliancismo II

Sermão proferido por Peter Cerqueira em 18 de novembro de 2017

Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:16,17, realizado em 15 de novembro de 2017

PeterCerqueira19NOV17a
Calvinismo

Sermão proferido por Peter Cerqueira em 19 de novembro de 2017

Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:16, realizado em 08 de novembro de 2017

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    Quinta do Conde
  • geral@iqc.pt
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • Domingo: 10:00, Ceia do Senhor
    11:00, Pregação e Escola Dominical
    Quarta-feira: 21:00, Oração e Estudo Bíblico