Cuidado com as igrejas que são realmente empresas

12042687 887253911360031 1741234091084450936 n

 

     Há um antigo ditado de alerta que pretende avisar incautos. Esse ditado diz: nem tudo o que luz é ouro.

     Vem isto a propósito de alertar os distraídos para o facto de que nem tudo o que se chama igreja é realmente igreja, ou seja Igreja do Senhor Jesus Cristo, Igreja conforme a revelação das Escrituras.

     Nos nossos dias há cada vez mais profissionais de religião, produto de seminários teológicos (geralmente apóstatas, ou seja, infiéis à verdade das Escrituras), pastores e líderes eclesiásticos em geral, que fazem parceria com empresas de consultoria especializadas em marketing e administração de empresas.

      Esses consultores empresariais analisam e tratam uma igreja como se fosse uma empresa (o membro como um cliente, o pastor como um gerente administrativo, as atividades da igreja – louvor, pregação etc – como o produto a ser vendido, os dízimos e as ofertas como lucro) e desenvolvem um modelo de gestão com foco no resultado: a fidelidade do membro. O modelo dita qual mensagem a ser pregada, qual o tipo de música a ser tocada e por quanto tempo, quais os tipos de atividades a serem desenvolvidas, como deve ser o culto, enfim, define todas as atividades da igreja.

     Não é pois de admirar que tais profissionais de religião defendam a prática do DÍZIMO, para que o seu esquema funcione com bom lucro para eles, porém o dízimo das Escrituras trata-se uma prática que tem a ver com a nação de Israel e não com a Igreja, trata-se de algo semelhante aos nossos impostos sociais que asseguram a segurança social, entre outras coisas. Os seguintes dois artigos explicam a verdade do dízimo, sendo muito esclarecedores:

DÍZIMO - O que é que a Bíblia, de facto, ensina?

FACTOS SOBRE O DÍZIMO

     Porém, ainda mais grave é o que aqueles profissionais de religião dizem à boca cheia: “Não dizimar é pecar … O vosso lugar no céu é proporcional ao que dão à igreja em vida”.

     Os verdadeiros crentes deveriam antes consultar a Deus e a sua Palavra para saberem qual o método que Ele deseja? Deveríamos consultar os mortos espirituais para saber como dirigir a igreja do Deus vivo? A Palavra de Deus dá-nos a resposta:

     "Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?" Isaías 8:19

     Como se pode consultar os mortos espirituais para saber como administrar as igrejas? Vede o que a Bíblia afirma sobre eles:

     "Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente." I Coríntios 2:14

     As técnicas baseadas em administração, marketing, psicologia, sociologia ou qualquer coisa do tipo é incapaz de ajudar a igreja, pois tiveram a sua origem em mentes de homens não regenerados e não em Deus.

     Os Guiness escreveu “Dining with the Devil: the megachurch movement flirts with the modernity” (“Jantando com o Diabo – o movimento mega-igreja namora a modernidade”). Neste livro ele cita o comentário feito por um negociante japonês a um cristão: “Sempre que encontro um líder budista, encontro um homem santo. Sempre que encontro um líder cristão, encontro um administrador” (p. 97). Isto foi para mim uma bofetada.

     Que vergonha!

     Os líderes cristãos devem ser os mais santos e piedosos, os mais moldados pela Bíblia (cremos mesmo que ela é o manual de Deus para a igreja?) e não entre os mais capazes na vida secular.

     Muitas igrejas estão estruturadas como empresas e querem gerentes, não pastores. Há rebanhos que não querem pastores, mas agem como acionistas de um negócio espiritual: querem um executivo. Não querem ouvir a voz de Deus, até mesmo porque isso é perigoso. Querem ouvir o eco de sua própria voz. E atribuem ao eco o estatuto de voz divina.

     Quando olhamos para essas igrejas à luz da Bíblia, constatamos que há uma multidão de pessoas nelas iludida que vive uma mescla de mundanismo, judaísmo e cristianismo, que nunca se converteram, que não conhecem a Deus, e pior, que têm a convicção de que estão salvas.

     Que o Senhor abra os olhos dos cegos:

     "Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas… " Jeremias 6:16

- C.M.O.

Sermões e Estudos

Nando23ABR18
Convencido, ou convertido?

Sermão proferido por Fernando Quental em 23 de abril de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:21,22 realizado em 04 de abril de 2018

ManuelGomes 28FEV18
A maior rede social

Sermão proferido por Manuel Gomes em 31 de março de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:22,23 realizado em 18 de abril de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    356 2975-192 QUINTA DO CONDE





     
    Hotel Íbis, Avenida Casal Ribeiro, 23
    1000-090 LISBOA
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário






     

    LISBOA
    Clique aqui para ver horário