A PRESENTE VERDADE (VI)

crstam 80 2

  PEDRO VERSUS PAULO?

     Onde o apostolado e a mensagem de Paulo estão envolvidos é especialmente importante que o elemento tempo seja tomado em consideração. Quando comparamos as mensagens Pentecostais de Pedro com os ensinos de Paulo em Efésios, por exemplo, e salientamos as diferenças entre aquelas e estes, algumas pessoas concluem que nós achamos que Pedro se encontrava errado nos seus ensinos e que Paulo se encontrava certo; que, por assim dizer, colocamos Paulo contra Pedro. Nada poderia estar mais longe da verdade. Quando comparamos essas duas passagens estamos meramente a salientar que depois de a oferta do reino terreno de Cristo que Pedro fez, ter sido rejeitada, verdades maiores e mais gloriosas foram reveladas a Paulo. Quando Pedro e os onze proclamaram os direitos reais de Cristo antes da crucificação, e quando ofereceram o retorno de Cristo para reinar, depois da Sua ascensão (Atos 3:19-21), eles estavam a proclamar a verdade de Deus. Mas quando Cristo e o Seu reino foram finalmente rejeitados e Paulo foi enviado a proclamar “o Evangelho da graça de Deus” e a interrupção divina do cumprimento da profecia, isso também era verdade de Deus que lhe foi outorgada por revelação direta do próprio Senhor glorificado (Efésios 3:1-3). Assim como “o Evangelho do reino” tinha sido confiado a Pedro e aos onze, assim também “o Evangelho da graça de Deus” foi mais tarde confiado a Paulo (Ver Mat. 4:17; 10:7; Atos 10:24; Efé. 3:1-3).

Ler mais: A PRESENTE VERDADE (VI)

A PRESENTE VERDADE (V)

crstam 80 2

  CONTRADIÇÕES APARENTES EXPLICADAS

     O escritor tem uma profunda convicção de que a grande maioria de contradições aparentes na Bíblia explicam-se pela tomada em consideração do elemento tempo, pelo reconhecimento do princípio da revelação progressiva.

     Génesis 17:14 declara que o macho incircuncidado não podia ocupar qualquer lugar entre o povo de Deus, enquanto que em Gálatas 5:2 lemos: “Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará”.

Ler mais: A PRESENTE VERDADE (V)

A PRESENTE VERDADE (III)

crstam 80 2

 

   REVELAÇÃO PROGRESSIVA VISTA AO LONGO DE TODAS AS ESCRITURAS

     Tanto nas Escrituras como um todo, como em passagens específicas sobre o assunto, é claro que Deus se tem revelado, e aos Seus propósitos, gradualmente, por fases, de forma tal que a Bíblia não é meramente um livro de dizeres generosos, muito menos uma coleção de escritos de homens que se contradizem uns aos outros, mas pelo contrário uma revelação progressiva de Deus e do Seu plano para os séculos. Esta verdade jaz no próprio coração da verdade dispensacional.

     Isaías, mais de setecentos anos antes de Cristo, enfatizou este princípio do desenrolar gradual da verdade divina, quando disse:

Ler mais: A PRESENTE VERDADE (III)

A PRESENTE VERDADE (IV)

crstam 80 2

 

   O mesmo princípio da revelação progressiva é visto no que as Escrituras dizem a respeito do Concerto Abraâmico, o Velho Concerto (a Lei), e o Novo Concerto.

     Cerca de 2000 anos antes de Cristo (agora, quase há quatro mil anos) Deus fez um concerto incondicional com Abraão (então ainda Abrão), no qual Ele prometeu abençoá-lo e fazer dele uma bênção para todo o mundo (Gén. 12:1-3). Este concerto estendeu-se mais tarde à semente de Abraão, e foi repetidamente confirmado.

Ler mais: A PRESENTE VERDADE (IV)

A PRESENTE VERDADE (II)

crstam 80 2

 

     REVELAÇÃO PROGRESSIVA

     O que é que, então, o apóstolo queria dizer com a frase, “a presente verdade”? A verdade não é eterna? No seu caráter, não é horizontal? Sim, mas a revelação da verdade é vertical, e não horizontal, e a frase de Pedro, “a presente verdade”, refere-se à verdade revelada para aqueles dias – dias de graça, que Deus, em misericórdia, tem estendido até agora. Enfatiza a sua crença no princípio bíblico da revelação progressiva. Assim como Deus tinha começado a revelar o Seu propósito a respeito de Israel a Abraão; assim como deu a lei por meio de Moisés; assim como deu revelações adicionais por meio dos profetas; assim como proclamou o cumprimento dessas profecias como estando “próximas”, por intermédio de João Batista, Cristo e os doze, assim também revelara agora glórias muito mais elevadas por meio de Paulo, o apóstolo de “o mistério”, e essas verdades, como veremos, tinham afetado profundamente a vida e o ministério de Pedro.

Ler mais: A PRESENTE VERDADE (II)

Sermões e Estudos

David Gomes
Não comprometendo o conteúdo

Sermão proferido por David Gomes em 14 de janeiro de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:18, realizado em 10 de janeiro de 2018

Jose Carvalho 07JAN18
A superioridade ... de Cristo

Sermão proferido por José Carvalho em 07 de janeiro de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:18, realizado em 03 de janeiro de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    Quinta do Conde
  • geral@iqc.pt
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • Domingo: 10:00, Ceia do Senhor
    11:00, Pregação e Escola Dominical
    Quarta-feira: 21:00, Oração e Estudo Bíblico