Porquê Paulo? (VI)

Richard Jordan

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As próprias afirmações de Paulo

     As epístolas de Paulo apresentam as suas declarações inspiradas do caráter distinto do seu apostolado e mensagem. A seguinte amostragem não deixa dúvidas sobre o assunto:

     Romanos 11:13:

     "Porque CONVOSCO FALO, GENTIOS, QUE, ENQUANTO FOR APÓSTOLO DOS GENTIOS, GLORIFICAREI O MEU MINISTÉRIO".

     Romanos 15:15,16:

     “Mas, irmãos, em parte vos escrevi mais ousadamente, como para vos trazer outra vez isto à memória, PELA GRAÇA QUE POR DEUS ME FOI DADA;

     “QUE SEJA MINISTRO DE JESUS CRISTO ENTRE OS GENTIOS …”.

Ler mais: Porquê Paulo? (VI)

Porquê Paulo? (V)

Richard Jordan

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pentecostes não é o Corpo de Cristo

     A vinda do Espírito Santo no dia de Pentecostes é geralmente aceite como a razão para se crer que o Corpo de Cristo começou naquela época. Mais uma vez, porém, a Escritura ensina o contrário. Na verdade, a vinda do Espírito Santo em Pentecostes é uma das grandes provas de que o corpo de Cristo não começou em Atos 2. O facto é que o apóstolo Pedro, cheio do Espírito Santo e falando orientado por Ele, declarou que a vinda do Espírito era o cumprimento da profecia. Em Atos 2:16 Pedro explica o que estava a acontecer, dizendo:

Ler mais: Porquê Paulo? (V)

Porquê Paulo? (III)

Richard Jordan

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     Este mesmo programa - e a mesma necessidade de Israel - continuou após a morte e ressurreição de Cristo. Em Atos 3:25,26 Pedro estabelece claramente o programa do início dos Atos. Falando à nação de Israel, ele diz: 


     "Vós sois os filhos dos profetas e do concerto que Deus fez com nossos pais, dizendo a Abraão: NA TUA DESCENDÊNCIA SERÃO BENDITAS TODAS AS FAMÍLIAS DA TERRA.

     “Ressuscitando Deus a Seu Filho Jesus, PRIMEIRO O ENVIOU A VÓS, PARA QUE NISSO VOS ABENÇOASSE, e vos desviasse, a cada um, das vossas maldades".

Ler mais: Porquê Paulo? (III)

Porquê Paulo? (IV)

Richard Jordan

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo não é um dos doze apóstolos

     Apesar de os apóstolos e os irmãos aguardarem em Jerusalém eles cumpriam as Escrituras, em conformidade com as instruções a respeito da escolha de um sucessor para Judas. 

     Alguns têm acusado Pedro de erradamente conduzir a escolha de Matias, mas isso simplesmente não pode ser verdade. Três factos eliminam conclusivamente Paulo do estatuto dos Doze Apóstolos:

Ler mais: Porquê Paulo? (IV)

Porquê Paulo? (II)

Richard Jordan

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O ministério terreno de Cristo

     Durante o Seu ministério terreno, nem o nosso Senhor, nem os Seus doze apóstolos ministraram aos Gentios como tal. Pelo contrário, Cristo veio para ministrar à nação de Israel. Romanos 15:8 é muito claro sobre este ponto. Este é um versículo que pode revolucionar a sua compreensão da Palavra de Deus: 

     "Digo pois que JESUS CRISTO FOI MINISTRO DA CIRCUNCISÃO, POR CAUSA DA VERDADE DE DEUS, PARA QUE CONFIRMASSE AS PROMESSAS FEITAS AOS PAIS."

Ler mais: Porquê Paulo? (II)

Sermões e Estudos

Jose Carvalho 17JUN18
Até quando?

Sermão proferido por José Carvalho em 17 de junho de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:25,26 realizado em 20 de junho de 2018

Miguel David 10jun18
Saída do beco

Sermão proferido por Miguel B. e David G.em 10 de junho de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:25 realizado em 13 de junho de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    356 2975-192 QUINTA DO CONDE





     
    Hotel Íbis, Avenida Casal Ribeiro, 23
    1000-090 LISBOA
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário






     

    LISBOA
    Clique aqui para ver horário