A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (3)

Chave da Bíblia

 

CASO NÚMERO DOIS

     Seria maravilhoso se os cristãos evangélicos sãos ​​exibissem o espírito agressivo, o zelo, a determinação e a energia encontrada entre os adventistas do sétimo dia. Eles acreditam na Bíblia, embora muitas vezes sintamos que as Epístolas de Paulo foram completamente ignoradas por eles. Interrogamo-nos se eles já leram a Epístola aos Gálatas, o terceiro capítulo de II Coríntios, ou o segundo capítulo de Colossenses, ou Romanos 6:14.

     Eles, também, selecionaram caprichosamente e arbitrariamente algumas das trinta práticas religiosas que enumerámos e ignoraram as outras. Eles escolheram o sábado, sétimo dia de Israel; "não, à carne de porco"; "lavagem religiosa de pés"; e alguns deles são fortes no batismo na água para "a remissão dos pecados"; e alguns são mais fortes do que outros na cura divina.

Ler mais: A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (3)

A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (2)

Chave da Bíblia

 

A IGREJA DE DEUS

     Todo indivíduo salvo, durante a atual dispensação divina, seja judeu ou gentio, é membro do Corpo de Cristo, "a Igreja de Deus que Ele comprou com o Seu próprio sangue" (Atos 20:28). Nesta dispensação da graça, Deus não exige cerimónias religiosas para a salvação ou para a adesão à única e verdadeira Igreja da Bíblia. Porém Deus exige fé no Senhor Jesus Cristo e no Seu sangue derramado pela salvação. E o Livro de Deus declara: "pela graça sois salvos por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie" (Efésios 2:8 e 9). Existem multidões de pessoas religiosas, membros de algumas organizações religiosas que não estão salvas. Todavia há muitos que creem no Senhor Jesus Cristo e na Sua obra redentora, que, como os Gálatas tolos, estão a tentar tornar a obra consumada de Cristo mais eficaz, misturando com ela algumas obras religiosas. A elas, o apóstolo Paulo escreveu:

Ler mais: A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (2)

A chamada "Grande Comissão"


Cornelius R. Stam     Quão familiar se tem tornado o termo “a grande comissão”!  Duma forma geral é grandemente usado numa referência às instruções que o Senhor, antes de partir, deu aos onze, como se encontram registradas nos quatro Evangelhos e nos Actos (Mat. 28:18-20; Marcos 16:15-18; Lucas 24:46-48; João 20:21-23; Actos 1:7-8).  Geralmente supõe-se que esta chamada “grande comissão” incorpora a “guia de marcha” que nosso Senhor deu para a Sua igreja hoje.  Contudo, a razão porque se supõe assim, é porque a maioria dos ministros da Palavra, em vez de exporem, interpretarem e explicarem estas instruções com vista a levarem-nas a cabo fielmente, ficam satisfeitos e escolher e separar determinadas frases dela para sermões devocionais.  

Ler mais: A chamada "Grande Comissão"

A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (1)

Chave da Bíblia

 

     "As riquezas incompreensíveis de Cristo" (Efésios 3:8) - "o mistério"“dispensação do mistério” ou “dispensação da graça de Deus” (Efésios 3:9,2,3) -, reveladas por Cristo ressuscitado ao Apóstolo Paulo, são uma verdade divina curativa da parte de Deus para todos os males doutrinários e "ismos" de que o Corpo de Cristo está a padecer. É a cura de Deus para o fanatismo que está a ser praticado e propagado por muitos santos sinceros e zelosos que estão sinceramente errados.

     Passamos a explicar o que se entende por "a resposta dispensacional a práticas religiosas não dispensacionais". O leitor e eu sabemos que há muitos santos nas diferentes organizações religiosas neste país. Referimo-nos às organizações que afirmam ser organizações cristãs. Afirmam que estão organizados para praticar e propagar o cristianismo bíblico. No seu credo, doutrina e prática, tentam provar por declarações baseadas na Bíblia que estão a realizar um programa religioso bíblico.

     Mencionaremos, a seguir, algumas declarações das vinte seitas ou líderes religiosos que temos em mente. No programa religioso dessas vinte "igrejas", vemos o que elas ensinam e praticam.

1 - Os cristãos não devem comer carne de porco.
2 - Os cristãos devem guardar o sábado de Israel, o sétimo dia.
3 - Os cristãos devem lavar os pés uns aos outros.
4 - Os cristãos não devem usar joias.
5 - Os cristãos devem vender os seus bens e colocar o dinheiro em um tesouro comum
6 - Os cristãos não devem dar salário a um pastor.
7 – Os pregadores devem sair dois a dois.
8 – Os pregadores não devem ter dinheiro nas suas bolsas.
9 - Os cristãos devem expulsar demónios.
10 - Os cristãos devem ressuscitar os mortos.
11 - Os cristãos devem curar os leprosos.
12 - Os cristãos devem colocar as mãos sobre os enfermos e restaurar assim a sua saúde.
13 - Os cristãos devem ungir os enfermos com azeite.
14 - Os cristãos devem abençoar aventais e lenços e curar os enfermos colocando-os em seus corpos.
15 - Os cristãos têm visões e sonhos.
16 - Os cristãos não são feridos pelo veneno de serpentes.
17 - Os cristãos devem falar em línguas e outros cristãos devem ser capazes de as interpretar.
18 - Os cristãos devem ter o dom de discernir os espíritos.
19 - Os cristãos devem cortar as suas mãos que escandalizem e arrancar os seus olhos que escandalizem.
20 - Os cristãos devem emprestar dinheiro a qualquer um que peça emprestado e não espere o retorno do empréstimo.
21 - Os cristãos devem levar um presente ao sacerdote quando são curados.
22 - Os cristãos devem ter libertações milagrosas.
23 - Os cristãos não recebem mais perdão de Deus do que outros recebem desses mesmos cristãos.
24 - Os mansos herdarão a terra.
25 - Os cristãos devem fazer maiores obras do que Cristo fez.
26 - Os cristãos também devem abrir mão das suas capas quando despojados dos seus vestidos.
27 - Os cristãos não devem ter duas túnicas.
28 - Os cristãos devem ser circuncidados.
29 - Os cristãos devem praticar a imposição das mãos.
30 - Os crentes devem ser batizados com água para remissão de pecados.

     Antes de condenar ou ridicularizar qualquer uma das declarações desses vinte grupos por incluírem estas cerimónias e práticas religiosas nos seus programas, tente encontrar uma delas que não seja completamente bíblica. Depois, faça a si mesmo a seguinte pergunta: "Quantas das trinta eu pratico?" Verifique-as na lista. Depois, diga porque não inclui as restantes das 30 no seu programa. A sua resposta talvez seja: "elas não pertencem a esta dispensação". Aquelas que exclui por causa do seu princípio dispensacional, são a sua resposta dispensacional a algumas práticas religiosas não dispensacionais. Mas está absolutamente certo de que o que o que crê, endossa ou pratica, é tão bíblico quanto dispensacionalmente correto?

     Quando aquela mulher religiosa na Califórnia recentemente decepou a sua mão porque esta a escandalizava, ela não estava a obedecer às palavras do Senhor?

- J. C. O'Hair
(Continua)

A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (1)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (2)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (3)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (4)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (5)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (6)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (7)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (8)
A Resposta Dispensacional a Práticas Religiosas Não Dispensacionais (9)

Manejar bem a Palavra da verdade

ourfounder
 
 
     A seguinte regra é a do correcto manuseio da Palavra da verdade. Em II Timóteo 2:15, Paulo escreveu a Timóteo: “Procura apresentar-te a Deus, aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”.
 

Ler mais: Manejar bem a Palavra da verdade

Sermões e Estudos

David Gomes
Não comprometendo o conteúdo

Sermão proferido por David Gomes em 14 de janeiro de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:18, realizado em 10 de janeiro de 2018

Jose Carvalho 07JAN18
A superioridade ... de Cristo

Sermão proferido por José Carvalho em 07 de janeiro de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:18, realizado em 03 de janeiro de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    Quinta do Conde
  • geral@iqc.pt
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • Domingo: 10:00, Ceia do Senhor
    11:00, Pregação e Escola Dominical
    Quarta-feira: 21:00, Oração e Estudo Bíblico