Quem são as mensageiras da grande falange das boas novas e qual a sua mensagem?

CMO 29OUT17b

 

      O Salmo 68:11 (RA) - “grande é a falange das mensageiras das boas-novas” - tem sido utilizado em favor da pregação pública do Evangelho por mulheres. 

     Vejamos se essa ideia, defendida por uns tantos, passa no teste Bereano. 

     “Ora, estes de Bereia eram mais nobres que os de Tessalónica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de facto, assim” (Atos 17:11).
 
     Bem, em primeiro lugar temos obrigação de saber que nesta altura o Evangelho era um mistério [ou, segredo]. 
 
     O Apóstolo Paulo diz isso claramente, quando afirma que no passado, que engloba o texto do Salmo 68:11, ninguém tinha conhecimento do Evangelho.
 
     “Orando em todo o tempo …  para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para FAZER NOTÓRIO O MISTÉRIO DO EVANGELHO” (Efésios 6:19).
 
     “O qual [mistério] NOUTROS SÉCULOS NÃO FOI MANIFESTADO AOS FILHOS DOS HOMENS …” (Efésios 3:5).
 
     Portanto, o Salmo 68:11 NÃO pode estar a referir-se ao Evangelho. Já noutro artigo - Um Evangelho único, ou diferentes Evangelhos? (I) - alertámos para o facto de a Bíblia apresentar várias e diferentes boas-novas, ou notícias – vários Evangelhos -, e que, portanto, temos de analisar o contexto para se saber a que boas notícias se refere o texto em concreto.
 
     Em segundo lugar, o Salmo 68:11 não pode referir-se à pregação pública do Evangelho por mulheres, porque o Senhor nunca reservou para as mulheres um lugar de testemunho público na atual dispensação da graça de Deus. Houve muitas testemunhas citadas em 1 Coríntios 15 para provar a ressurreição do Senhor. Homens foram mencionados como testemunhas, mas não é citada uma única mulher. Isto torna-se extraordinariamente significativo se nos lembrarmos que Maria Madalena foi a primeira pessoa que viu o Cristo ressuscitado, e recebeu a incumbência de transmitir a maravilhosa notícia aos discípulos. A sua exclusão da lista das testemunhas é uma prova muito forte de que as Escrituras não concedem à mulher um lugar de testemunho público. Saiba mais sobre o assunto lendo O “pastorado" feminino
 
     Vejamos agora o verdadeiro significado do Salmo 68:11.
 
     “O Senhor deu a Palavra, grande é a falange das mensageiras das boas-novas” (Sal. 68:1).
 
     “O Senhor deu a Palavra”, isto é, mandou e ocasionou a vitória, e um grande grupo de mulheres proclamou o facto, como era costume em Israel. As vitórias de Israel eram normalmente celebradas por mulheres a cantar e a dançar (Êxo. 15:20; Juí. 11:34; 1 Sam. 18:6,7).
 
     Foi assim que as mulheres Israelitas celebraram e proclamaram a destruição de Faraó, a derrota dos filhos de Amom, a morte de Golias, e no futuro, a morte do Anticristo (Sal. 68:25). 
 
     O Salmo 68 é profético. Do ponto de vista profético retrata a alegria de Israel no reino vindouro. Os versículos 21-23 referem-se ao reagrupamento de Israel e à destruição do Anticristo e dos seus exércitos, enquanto os versículos 24-35 descrevem a bênção do reino universal. O Salmo 68 começa precisamente com as mesmas palavras que Moisés usou relativamente à vitória da arca sobre os inimigos dos Israelitas (Núm. 10:35). O Salmo 68 começa, pois, significativamente com a Arca [figura de Cristo] a ir para o seu lugar de repouso [reino milenar] – ver Sal. 132:8. Sabemos que isso acontecerá quando o Anticristo, grande inimigo de Israel, e os reis, que com ele se mancomunam contra o Senhor  e o Seu Ungido (Sal. 2:2), forem derrotados. Por isso vemos aqui as mulheres celebrarem e proclamarem a vitória sobre o Anticristo e seus exércitos (Sal. 68:1, 11,12,25).
 
     A alusão do texto é, pois, ao costume das mulheres em Israel divulgarem as vitórias obtidas.1
 
     O que a falange das boas novas diz, é:
 
     “Reis de exércitos fogem e fogem” (ver. 12). O teor das boas-novas da sua mensagem, NÃO tem nada a ver com o teor do Evangelho que nós hoje pregamos, a saber, que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1 Cor. 15:3,4).
 
     Em conclusão, as mulheres referidas pelo Salmo 68 são Israelitas - não Gentias - e a sua mensagem nada tem a ver com a mensagem do Evangelho da graça de Deus.
 
     Aqueles que defendem que as mulheres devem fazer o que as epístolas de Paulo proíbem, devem estar – e estão - em grandes apuros para conseguirem provas, se têm que socorrer-se do Salmo 68:11 para tal.
 
__________________
1 Ver exemplos de Êxodo 15:20, 21, após a travessia do Mar Vermelho, de Juízes 5:1-3, após a Barak derrotar o exército de Sísera, e de 1 Samuel 18:6, 7, após a vitória do próprio David sobre Golias. Comparar com o Salmo 68 a alegria da vinda da Arca como temos descrita em 2 Sam. 6. 15-22. 
 
- C.M.O.
 
 

Sermões e Estudos

Dario 20mai18
Três Perfis

Sermão proferido por Dário Botas em 20 de maio de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:24 realizado em 23 de maio de 2018

José Carvalho
Mentira & Mentira

Sermão proferido por José Carvalho em 13 de maio de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:24 realizado em 16 de maio de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    356 2975-192 QUINTA DO CONDE





     
    Hotel Íbis, Avenida Casal Ribeiro, 23
    1000-090 LISBOA
  • geral@iqc.pt 
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • QUINTA DO CONDE
    Clique aqui para ver horário






     

    LISBOA
    Clique aqui para ver horário