CRUZES NÃO EXISTENTES E A CRUZ QUE TODOS OS SANTOS DEVERIAM LEVAR (III)

crstam 80 2

 

 Contudo, ao participarem da Sua rejeição os verdadeiros seguidores de Cristo seriam ricamente recompensados, pois o Senhor assegurou-lhes de que a Sua morte de forma alguma significaria derrota. Embora “morto”, Ele “ressuscitaria ao terceiro dia”, e embora lhes pedisse para “perderem” agora as suas vidas por amor do Seu Nome, Ele acrescentou de imediato a promessa:

     “Porque o Filho do homem virá na glória de Seu Pai, com os Seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras” (Mat. 1627).

Ler mais: CRUZES NÃO EXISTENTES E A CRUZ QUE TODOS OS SANTOS DEVERIAM LEVAR (III)

CRUZES NÃO EXISTENTES E A CRUZ QUE TODOS OS SANTOS DEVERIAM LEVAR (II)

crstam 80 2

        “Desde então começou Jesus a mostrar aos Seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muito dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto e ressuscitar ao terceiro dia.

     “E Pedro, tomando-O de parte, começou a repreendê-Lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de Ti; de modo nenhum Te acontecerá isso.

Ler mais: CRUZES NÃO EXISTENTES E A CRUZ QUE TODOS OS SANTOS DEVERIAM LEVAR (II)

A PRESENTE VERDADE (VIII)

crstam 80 2

  A PRESENTE VERDADE

     Pedro confirmou assim as boas notícias da graça de Deus confiadas a Paulo como “a presente verdade”.

     No passado Pedro tinha proclamado apenas o trono, a coroa, o reino, de Cristo; agora regozijava-se na “pregação da cruz” de Paulo. No passado tinha conhecido apenas o propósito profético de Deus; agora tinha pelo menos começado1 a folgar com “o mistério” e a interrupção graciosa de Deus do programa profético. No passado apenas tinha proclamado “o Evangelho do reino”; agora deleitava-se no “Evangelho da graça de Deus” de Paulo!

Ler mais: A PRESENTE VERDADE (VIII)

CRUZES NÃO EXISTENTES E A CRUZ QUE TODOS OS SANTOS DEVERIAM LEVAR (I)

crstam 80 2


   “Então disse Jesus aos Seus discípulos: Se alguém quiser vir após Mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-Me” (Mateus 16:24).

     Existe muita incompreensão à volta destas palavras do Senhor aos Seus discípulos. Geralmente supõe-se que pela palavra ”cruz” Ele se referia às dificuldades e desventuras que os crentes experimentam.

     Assim, uma mulher que tenha um marido que se embriaguem pode falar deste fardo como uma “cruz” que ela tem de levar, ou um inválido pode falar do seu tormento como a sua “cruz2. Na verdade, até um hino muito popular principia com as palavras:

Ler mais: CRUZES NÃO EXISTENTES E A CRUZ QUE TODOS OS SANTOS DEVERIAM LEVAR (I)

A PRESENTE VERDADE (VII)

crstam 80 2


PEDRO E PAULO CONFIRMARAM 
MUTUAMENTE AS SUAS MENSAGENS

     Certamente que Paulo não achava que Pedro, quando proclamava Cristo como o Messias de Israel para reinar na Terra, estava a ensinar erro. Na verdade, Paulo confirmou robustamente aquilo que Pedro tinha estado a pregar.

     Ao referir-se ao caráter temporário da cegueira de Israel enquanto “a salvação de Deus é enviada aos Gentios” (Atos 28:28; cf. Rom. 11:25), o apóstolo declara, em Rom. 11:26-29:

Ler mais: A PRESENTE VERDADE (VII)

Sermões e Estudos

David Gomes
Não comprometendo o conteúdo

Sermão proferido por David Gomes em 14 de janeiro de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:18, realizado em 10 de janeiro de 2018

Jose Carvalho 07JAN18
A superioridade ... de Cristo

Sermão proferido por José Carvalho em 07 de janeiro de 2018

Estudo Bíblico
Estudo Bíblico

Sobre a Epístola aos Colossenses 1:18, realizado em 03 de janeiro de 2018

ver mais
 
  • Avenida da Liberdade 356 
    Quinta do Conde
  • geral@iqc.pt
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • Domingo: 10:00, Ceia do Senhor
    11:00, Pregação e Escola Dominical
    Quarta-feira: 21:00, Oração e Estudo Bíblico