• 1
  • 2
  • 3

Servindo entusiasticamente,
com amor e temor,

para em tudo te enriquecer em Cristo, em toda a Palavra, em todo o conhecimento (1 Coríntios 1:5).

Testemunhos

Pedro Cândido

Breve testemunho acerca de como se converteu a Cristo e de como tem sido a sua vida ao Seu lado.

José Jacinto Carvalho

Conversão significa mudar de vida e a minha vida mudou mesmo.

Jorge da Silva

Como a graça de Deus o conduziu à salvação em Cristo. Ouve o seu testemunho até ao fim.

Sermões e Estudos

CMO 10DEZ17
Alerta Pungente Duplo

Sermão proferido por Carlos M. Oliveira em 10 de dezembro de 2017

Simao Santos 01DEZ17a
Origem bíblica do dispensacionalismo

Sermão proferido por Simão Santos em 01 de dezembro de 2017

Teles
Depoimento e Súmula

Testemunho de José Teles em 02 de dezembro de 2017

Perguntas respostas
Perguntas e Respostas

Conferência Bíblica Dispensacionalista realizada 01-03 de dezembro de 2017

ver mais
 

12-10-2017 - Cristãos são expulsos de cafeteria por proprietário gay

Bedlam Coffee shop c0 7 640 380 s885x516

     Um grupo de cristãos estava na cafeteria Bedlam em Seattle, Washington, quando foram expulsos. O motivo? Por ser homossexual assumido, o dono não queria como clientes quem condenava o seu estilo de vida.

     Os ativistas do grupo Abolish Human Abortion [Abolição do Aborto Humano] distribuíam folhetos contra o aborto nas ruas da cidade, quando decidiram fazer uma pausa. Dirigiram-se ao local mais próximo onde conseguiam tomar um café, parando ali para relaxar por uns minutos.

     De repente, foram confrontados por um homem que afirmava ser o proprietário do local. Um vídeo mostrando a embaraçosa situação viralizou no Facebook. Os ativistas Caleb Head e Caytie Davis registaram o momento em que Ben Borgman (na foto), proprietário do local, começa a gritar “Eu sou gay. Vocês têm que sair daqui”, diz ele logo no início da filmagem.

     "Está a negar-nos o serviço?”, perguntou Davis. “Sim, isso mesmo”, respondeu Borgman, visivelmente alterado.

      Quando o ativista Jonathan Sutherland questionou porque razão eles estavam a ser expulsos, o dono do Badlam perdeu o controlo. “Se eu for buscar o meu namorado e transar com ele aqui, irá tolerar?”, questionou Borgman.

     “Essa é a sua escolha”, respondeu Sutherland, que pareceu não entender a provocação. Borgman passou então fazer um discurso enfatizando que discordava das posições dos cristãos sobre o aborto e o casamento gay.

     “Eu não tenho que tolerar isso! Saiam, todos. Digam a todos os vossos amigos que não venham aqui”, vociferou o dono do local. Quando um dos cristãos tentou falar sobre Jesus, foi interrompido. “Eu não vou ser salvo por ninguém”, disparou Borgman, que passou a dizer blasfémias sobre Cristo.

     O argumento levantado pelo Abolish Human Abortion é que os tribunais nada fazem quando ocorre uma situação como esta, onde é o gay que se nega a servir cristãos por discordar das suas convicções.

     Antevendo a possibilidade de um processo jurídico, Ben Borgman usou a conta do Café Bedlam no Facebook para se justificar. Ele alega que os cristãos montaram-lhe uma armadilha.

     “Eu fui batizado católico romano, fui a alguns estudos da Bíblia, li o livro inteiro mais de uma vez. No meu entendimento, e para usar o vernáculo religios, essas pessoas estão a operar para Satanás. O grande ilusionista enganou-os, fazendo-os acreditar que o ódio é amor, que a raiva é a paz, e que essas mentiras são verdadeiras”, escreveu ele, alegando que o vídeo foi editado e as suas palavras tiradas de contexto.

- in Washington Times

 

FRUINDO DA ADMIRÁVEL GRAÇA DE DEUS,
A NOSSA MISSÃO É AJUDAR TODOS 
A USUFRUIR DA MESMA GRAÇA.

"... vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão" (2 Coríntios 6:1).
Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus ... (Efésios 3:2)
"... que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar
a ação de graças para glória de Deus" (2 Coríntios 4:15).
"Porque pela graça sois salvos ..." (Efésios 2:8).

  • Avenida da Liberdade 356 
    Quinta do Conde
  • geral@iqc.pt
  • 966 208 045
    961 085 412
    939 797 455
  • Domingo: 10:00, Ceia do Senhor
    11:00, Pregação e Escola Dominical
    Quarta-feira: 21:00, Oração e Estudo Bíblico